Quem Somos

Claudia Costin
Diretora

Graduou-se em Administração Pública pela Fundação Getulio Vargas em 1978, concluiu mestrado em Economia Aplicada à Administração (1986) e cursou Doutorado em Administração Pública pela mesma instituição. Ao longo da carreira, Costin foi professora universitária em distintas instituições de ensino superior, como o INSPER, a Fundação Armando Álvares Penteado, a Fundação Getulio Vargas e as universidades PUC-SP, Unicamp e UnB. Foi secretária-executiva e ministra da Administração e Reforma do Estado durante o governo Fernando Henrique Cardoso (entre 1995 e 2000). Também ocupou o cargo de Secretária de Cultura do Estado de São Paulo durante a primeira gestão de Geraldo Alckmin (PSDB) como governador, entre 2003 e 2005. Em seguida, em 2005, assumiu a vice-presidência da Fundação Victor Civita, organização mantida pelo Grupo Abril e pela Gerdau com o foco na educação pública. Foi secretária de educação do município do Rio de 2009 até julho de 2014, quando assumiu o cargo de Diretora Global de Educação do Banco Mundial. Desde 2016, dá aulas no Mestrado em Educação de Harvard, como professora visitante. Em 2016, criou e passou a dirigir o CEIPE, Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais, na Fundação Getulio Vargas, em parceria com Harvard e Brookings Institute. Integra também a Comissão Global sobre o Futuro do Trabalho da OIT (Organização Internacional do Trabalho), das Nações Unidas.

 

 

 

Teresa Pontual
Gerente Executiva

É a atual Gerente Executiva do CEIPE. Anteriormente, foi Diretora de Currículos e Educação Integral na Secretaria de Educação Básica do MEC (2016). Sua Diretoria foi responsável por coordenar o desenvolvimento, o envio ao Conselho Nacional de Educação e a implementação pelos estados e municípios da Base Nacional Comum Curricular, pelas políticas voltadas para a educação infantil, ensino fundamental e ensino médio do país e por programas de indução da educação integral para toda a educação básica. De 2013 até sua ida para o MEC, Teresa foi Subsecretária de Educação na Secretaria Municipal da Educação do município de Salvador, onde liderou uma reforma educacional que elevou o IDEB da rede de 4,0 para 4,7 em três anos. Anteriormente, atuou como Gerente de Projetos na Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, coordenando a implantação das Escolas de 7 Horas e de um novo sistema online de gestão de informação numa rede de 1.334 10 Unidades Escolares, além de ser responsável pela área de indicadores educacionais. Foi ainda Subsecretária de Gestão da Rede e de Ensino na Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro, onde implantou o sistema de avaliação de desempenho dos alunos da rede (SAERJ). Começou sua trajetória profissional no terceiro setor em Nova Iorque e como Assessora de Políticas Sociais na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Teresa é mestre em Política Educacional Internacional pela Universidade de Harvard em Massachusetts, Lemann Fellow, especialista em Gestão de Negócios pelo COPPEAD/UFRJ e é bacharel em Ciência Política pela faculdade de Swarthmore na Pensilvânia.

 

 

 

Raquel de Oliveira
Coordenadora

Raquel de Oliveira trabalha com Educação desde 1996. Cursou Mestrado em Estudos da Linguagem na PUC-Rio, Letras (Inglês Literaturas) na Uerj e Produção Editorial na UFRJ. Trabalhou em todos os níveis da Educação Básica nas redes públicas e privadas. Lecionou Linguagem e Cognição e Línguística na Uerj. Como supervisora de cultura colaborativa, trabalhou com gestão de equipes pedagógicas num projeto com mais de 450 escolas em todo o Brasil pelo grupo Santillana. Atuou no departamento de English Language Teaching da Pearson. Foi Pearson Fellow, dentro do programa de Mestrado de Políticas Públicas (MPP) do The Pearson Institute for the Study and Resolution of Global Conflicts, atuando com Primeira Infância em creches na África do Sul. Como parte do Project Zero da Harvard Graduate School of Education, cursou Teaching for Understanding e desenvolveu projetos colaborativos em escolas da rede privada em todo Brasil. Cursou  “Excellence in Basic Education Course – The Experience of Shanghai” na Shanghai Normal University, instituição responsável pela formação inicial e continuada dos professores da rede pública de Shanghai. Tem pesquisado sobre formação de professores, currículos e políticas educacionais. 

 

 

Karen Soares
Coordenadora

Há 15 anos trabalhando com educação, Karen é mestre em "Intervenção Social, Inovação e Empreendedorismo" pelas faculdades de Economia e de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, em Portugal. Passou seis meses do mestrado na Dinamarca, onde participou, na Via University, do programa “Trabalhando em Contexto de Pós-Desastre e Conflito”. Trabalhou nas Secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos e de Educação do Estado do Rio de Janeiro. Na Seeduc, ficou à frente do monitoramento dos projetos-piloto "Ensino Médio Inovador" e "Um Computador por Aluno". É formada em Ciências Sociais pela PUC-Rio, onde foi professora entre 2009 e 2015. Trabalha como pesquisadora desde a graduação, tendo participado de publicações nas áreas da sociologia, políticas públicas, educação e direitos humanos, incluindo o livro "A Escola e a Favela".

 

 

Deborah Lourenço
Coordenadora

Profissional da área de educação com foco em políticas públicas, Deborah Lourenço é graduada em Relações Internacionais. Começou o curso na PUC-Rio, transferindo para a Smith College, em Massachusetts, onde se formou. Mestre em Educação Comparativa pela Stanford University, foi avaliadora do MEC no estado do Rio, onde trabalhou na Seeduc, auxiliando na implementação do programa nacional de Fomento ao Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI). Durante a graduação, no Estados Unidos, foi coordenadora de equipe do The Young People's Project, que orienta alunos entre 8 e 22 anos de populações tradicionalmente marginalizadas por meio de alfabetização em matemática. Atraída pelo universo da educação e gestão pública, desde 2013 Deborah faz, em paralelo, trabalhos de mentoria, auxiliando, assim, jovens negros, de periferia, escolas públicas e interessados em estudar no Estados Unidos. 

 

 

Cristiano Americano
Assessor Acadêmico

Integra a equipe do CEIPE na área de relacionamento e planejamento de programas e eventos acadêmicos. Cristiano é relações públicas e designer, pelo Instituto Europeu de Design, rede internacional de escolas de design, com prática nos campos da educação e de pesquisa, para as áreas de design e comunicação. Atua na área da educação desde 2011, quando foi convidado pelo subsecretário de novas tecnologias educacionais da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, sob a gestão da secretária Claudia Costin, para a coordenação e gestão de parcerias do projeto GENTE - Ginásio Experimental de Novas Tecnologias Educacionais. Entre 2014 e final de 2016, foi responsável pela área de relacionamento e eventos da ONG LABi - Laboratório de Inovação Educacional. Na área de arquitetura e design, participou da concepção, montagem e curadoria da 5ª Bienal de Arquitetura de Brasília, além de outros projetos.

 

 

Andressa Lopes
Comunicação & Imprensa

Jornalista e produtora com mais de dez anos de experiência em televisão e mídia digital. Formada pela PUC Minas, trabalhou na TV Globo de Belo Horizonte e no canal de notícias GloboNews, no Rio de Janeiro, onde participou de coberturas em eventos como Rio + 20, Jornada Mundial da Juventude, Rock in Rio, Olimpíada e Eleições. Também foi colaborada de sites de cultura, música, cinema e literatura, além de monitora no Laboratório de Vídeo e TV da PUC Minas. Antes de cursar Jornalismo, graduou-se em Arquitetura e Urbanismo. Hoje, é responsável pela assessoria de comunicação e de imprensa do CEIPE.

 

 

 

 

Tássia Cruz
Colaboradora

Professora da Escola de Politicas Públicas e Governo da Fundação Getulio Vargas (EPPG/FGV-Brasília) e professora colaboradora do CEIPE (EBAPE/FGV-Rio). Tássia possui PhD em Economia da Educação e mestrado em Economia pela Universidade de Stanford. É graduada em Ciências Econômicas pela PUC-Rio. A pesquisa desenvolvida em seu doutorado analisa as decisões de contratação de professores dos governos municipais no Brasil. Tássia foi gerente de projetos na Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República. Trabalhou como consultora do Banco Mundial em parceria com diversas Secretarias de Educação em avaliações de impacto de programas educacionais e para formar professores e supervisores escolares em métodos de observação em sala de aula. Possui ampla experiência em pesquisas sobre financiamento da educação básica, avaliação de impacto de programas educacionais e mercado de trabalho de professores no Brasil.

 

 

Beatriz Alquéres
Relações Institucionais

Pedagoga formada na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, com especialização em Psicopedagogia Clínica pelo CEPERJ e Administração de Empresas na Fundação Getúlio Vargas, foi uma das quatro jovens líderes brasileiras escolhidas pelo governo americano, em 2012, para conhecer de perto a reforma educacional dos EUA. É membro do Conselho de Educação da ACRJ e da Rede Talentos da Educação da Fundação Lemann. Atuou como gerente de projetos na Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro de 2010 a 2013 onde realizou projetos como a Educopédia e o  Cidade Educadora, que mobilizou 4 mil voluntários para dar aulas de reforço em escolas municipais. Entre 2013 e 2017 trabalhou no Instituto Igarapé como na área de Política de Drogas e Prevenção à Violência. Em 2017 participou da formação em Liderança Executiva para Primeira Infância em Harvard e atualmente presta consultoria em educação para o CEIPE/ FGV.

Patrícia Bizzotto
Assistente

 

Graduou-se em Engenharia Mecânica pela UFMG e é mestra em Engenharia e Ciências Térmicas pela UFSC. Trabalhou na Vale e na Siemens aplicando Gerenciamento de Rotina (PDCA), monitorando indicadores de Engenharia de Projeto. É uma das fundadoras de curso pré-vestibular gratuito que atende jovens do Morro do Papagaio na cidade de Belo Horizonte, onde deu aulas entre 2008 e 2013. Ingressou, em 2018, no Programa de Desenvolvimento de Lideranças Ensina Brasil. Nesta oportunidade, foi professora de Matemática em uma escola pública em situação de vulnerabilidade no Espírito Santo, onde desenvolveu uma série de projetos extracurriculares, como preparatório para OBMEP, clube de leitura, debates sobre Diversidade e Grupos Vulneráveis, meditação e Escola-Comunidade. Atualmente é aluna do curso de extensão Educação, Pobreza e Desigualdade Social na UFES, embaixadora Politize! e ativista do Movimento Mapa Educação.

Páginas