Coordenação: Ariana Britto

Temos como objetivo fomentar a produção de conhecimento aplicado em educação no Brasil, desenvolvendo materiais que atendam às demandas e interesses de gestores públicos, de formadores de opinião, da academia e da imprensa.

Registramos e sistematizamos o conhecimento produzido pela equipe do CEIPE nos projetos de Apoio às Redes em que atuamos, traduzimos e adaptamos pesquisas e relatórios internacionais para o contexto local, produzimos relatos de caso, livros, relatórios, policy briefs, entre outros documentos que contribuam com o objetivo de melhorar a educação pública no Brasil. Todo material produzido pelo Ceipe poderá ser utilizado nos cursos da área de Formação de Lideranças.

Para ter acesso ao material já produzido pelo CEIPE, clique em Publicações

 

Projetos

Força-Tarefa

Com o fechamento das escolas desde março de 2020, em razão da pandemia de Covid-19, as Redes de Ensino precisam se reorganizar para assegurarem a aprendizagem dos seus alunos. Com o objetivo de apoiar as redes, principalmente as municipais, o FGV CEIPE, em parceria com a Fundação Lemann e o Instituto Natura, está produzindo dois documentos: o primeiro, com recomendações sobre a construção do calendário 2020/2021, formas de registro das atividades remotas e aprendizagem dos alunos, e avaliação para fins de aprovação/reprovação; e o segundo, com boas práticas do ensino remoto e recomendações para o ensino híbrido, por etapa de ensino.
 

Observatório Tecnologia na Escola – OTec

O FGV CEIPE é um dos parceiros da Iniciativa BNDES Educação Conectada (IEC-BNDES), que visa promover a inserção da tecnologia no contexto educacional. Responsável pelo monitoramento e avaliação (M&A) da Iniciativa, o CEIPE cumpre o papel de instituição âncora do OTec, que também é composto por um conjunto de instituições – Rede OTec – com experiência comprovada em M&A de programas/políticas educacionais. O OTec atua como fonte de produção e disseminação de informações e conhecimentos sobre tecnologia na educação, promovendo subsídios para a formulação de políticas públicas. Além disso, o OTec contribui para garantir transparência sobre a IEC-BNDES por meio da disponibilização de dados e informações para a sociedade em geral, pesquisadores, gestores e profissionais da educação. Dentre as competências atribuídas ao CEIPE, está a elaboração de relatórios intermediários sobre a implementação da IEC-BNDES, estudos de caso, relatório de boas práticas, entre outras atividades. Acesse a Plataforma OTec aqui.

Produtos OTec:

1. Relatório Intermediário 2019: O Relatório Intermediário de 2019 tem como objetivo principal apresentar um panorama geral sobre as análises acerca das atividades após o lançamento da Iniciativa BNDES Educação Conectada (IEC-BNDES) em 2018 e do primeiro ano de execução dos projetos, 2019. O Relatório compõe a ampla estratégia de Monitoramento e Avaliação (M&A) da IEC-BNDES, sob responsabilidade do Observatório Tecnologia na Escola (OTec), ancorado no Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais (FGV CEIPE). As análises foram desenvolvidas pelo CEIPE (FGV EBAPE) a partir de revisões documentais, coleta de informações em reuniões e encontros oficiais da Iniciativa, leitura crítica de bibliografias, experiências passadas e recomendações técnicas sobre a execução de políticas públicas, especialmente as educacionais.

 

2. Relatório Intermediário 2020O Relatório Intermediário de 2020 tem como objetivo principal apresentar um panorama geral sobre os principais acontecimentos da Iniciativa BNDES Educação Conectada (IEC-BNDES) em 2020, segundo ano da Iniciativa nos territórios. O Relatório compõe a ampla estratégia de Monitoramento e Avaliação (M&A) da IEC-BNDES, sob responsabilidade do Observatório Tecnologia na Escola (OTec), ancorado no Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais (FGV CEIPE). Levando em conta o contexto e as implicações da pandemia de COVID-19 nas ações previstas, o objetivo do Relatório é apresentar os principais pontos de aprendizados e de destaque identificados por meio da Iniciativa, para, então, subsidiar a sua implementação nos próximos anos e pautar outras atividades e produtos de M&A.

 

3. Resumo Executivo – Relatório Intermediário 2020O Resumo Executivo do Relatório Intermediário 2020 aponta as principais considerações trazidas no Relatório, com enfoque nos destaques da implementação da Iniciativa BNDES Educação Conectada e seus principais aprendizados.

 

4. Estudo de Caso TO Ligado – A Iniciativa BNDES Educação Conectada no TocantinsO Estudo de Caso TO Ligado documenta o processo de implementação da Iniciativa BNDES Educação Conectada (IEC-BNDES) nos municípios de Araguaína e Gurupi, ambos territórios tocantinenses. O Projeto TO Ligado visa oferecer educação de qualidade na rede do Tocantins por meio do uso pedagógico das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) integradas ao currículo, desenvolvendo competências para disseminação de informações, produção de conhecimentos e resolução de problemas. Inserido na estratégia de Monitoramento & Avaliação (M&A) da Iniciativa, este estudo destaca as ações realizadas entre janeiro de 2019 e agosto de 2020, bem como os maiores desafios, aprendizados e legados. O documento compila informações pertinentes a diferentes públicos interessados no detalhamento da implementação da IEC-BNDES, como serve como referência para estudos futuros.
 

5. Estudo de Caso Educação Gaúcha Conectada – A Iniciativa BNDES Educação Conectada no Rio Grande do Sul: O Estudo de Caso Educação Gaúcha Conectada lança um olhar detalhado sobre a implementação, no território do Rio Grande do Sul, da Iniciativa BNDES Educação Conectada(IEC-BNDES). Tal ação de investimento financeiro e técnico para o desenvolvimento de práticas e usos pedagógicos de tecnologias digitais na educação básica brasileira tem duração inicialmente prevista de dois anos (2019-2020), com seu prazo estendido em seis meses em decorrência da pandemia da COVID-19. Inserido na estratégia de Monitoramento & Avaliação (M&A) da Iniciativa, este estudo documenta o processo de implementação da Iniciativa no território gaúcho, nos municípios de Santa Maria e Cachoeira do Sul, destacando as ações realizadas entre janeiro de 2019 e agosto de 2020, bem como os maiores desafios, aprendizados e legados. O documento compila informações pertinentes a diferentes públicos interessados no detalhamento da implementação da IEC-BNDES, como serve como referência para estudos futuros.